Pandeconomics

A crise abre uma oportunidade para resolver a questão do spread bancário, taxas abusivas cobradas por bancos e operadores de cartão de crédito. É uma disfuncionalidade perene no sistema financeiro, assim como a taxa Selic, precisa entrar para a civilização. E o BC pode, agora.

Na realidade, o impacto na economia real, no dia a dia do cidadão e da pequena empresa, talvez seja maior do que um eventual aumento de impostos sobre lucros e dividendos.

Em troca de uma tributação mais baixa sobre Lucros & Dividendos, o governo pode limitar o lucro sobre empréstimo (atrelada a variação sobre a Selic e a criação de um fundo de aval para a conta da inadimplência, superestimada em 30% no valor final do spread.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.