Divino

“Divino” de Penna Filho é uma justa homenagem a Ademir da Guia. Envergando a camisa 10 do Palmeiras e, inexplicavelmente, poucas vezes a da seleção brasileira, Ademir jogava um futebol requintado, de passadas largas e precisas. Alguém já disse que para Ademir da Guia, quem corre é a bola, não o jogador. Essa era sua divindade. Sempre presente, sem correria, sem excessos de voluntarismo. Pura categoria.

Veja o trailer.

Um comentário em “Divino

  1. o ademir é um !!!!! sem palavras um divino com certeza o maestro do palmeiras maior jogador um exemplo e eu queria ser que nem ele ir para o palmeiras ficar la ate o fim da minha carreira porque sou igual ele, amo meu time tenho uma forma de jogar com arte como ademir. ademir se voce ver essa menssagem pois fique sabendo que voce e meu idolo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.