14 pontos

Outra pesquisa confirmando a ampla vantagem de Lula. No segundo turno cada ponto vale dois. Mas isso não refresca a vida de Geraldo Alckmin. Confirmando as previsões iniciais o presidente deve ser reeleito com boa vantagem. Assim, o susto poderia servir para baixar a bola de Lula e torná-lo menos arrogante. Não acredito. No dia seguinte a sua proclamação como presidente por mais quatro anos, a ladainha do “nunca nesse país” vai recomeçar com toda a força. O duro não é apenas aguentar o Lula, mas os gênios que o circundam.
Existe a alternativa de uma virada do tucano. Ele também é chato, sem graça e duvido que seu governo vá ser melhor do que o de Lula, seria tão mediocre quanto. Sua única vantagem é ser um tipo mais discreto, caxias até.

Os três debates que tem pela frente ou um fato novo cabeludo são sua única chance.
Para os debates, sua tarefa agora é encontrar o tom. No da Bandeirantes ele foi bem. Seguro, incisivo e direto, no entanto, o resultado foi mais uma queda nas pesquisas.

Quanto ao fato novo, dada a vida pregressa do governo Lula, não será de assustar se aparecer mais uma estripulia da patota planaltina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.